segunda-feira, 25 de junho de 2012

VINHO

Enqaunto huver vinho nada me pertubará.

5 comentários:

hesseherre disse...

aNTÃO EU CUNCORDU...HIC!

je suis...noir disse...

uve--> de uva. Fica bem! A sabedoria popular, a sabedoria popular...

hmbf disse...

em alguma coisa havemos de estar todos de acordo

José Freitas disse...

O vinho é bom, mas em doses elevadas já não é bem assim.
Estamos num momento de passageira alegria, se gostamos de futebol. O pior é que vem aí as férias e muita gente não tem subsídio de férias, é um castigo extra nesta crise imposta pela Ângela Merkel e pelos seus súbditos.
Este blog é interessante e criativo.
Também tem interesse www.anticolonial21.blogspot.com

Rogério Soares disse...

Nem a você nem a Omar Khayyam que preferia a doce embriagues do vinho a qualquer outra coisa existente no mundo.... eu por meu turno prefiro outros artifícios de alteração da consciência.