sexta-feira, 15 de maio de 2015

B. B. KING (1925-2015)


Live at the Apollo (1991) foi o meu primeiro B. B. King. Ainda anda cá por casa, o velho vinil. Uma Philip Morris Super Band, dirigida por Gene Harris, com Kenny Burrell na guitarra, acompanhava o rei. Ouvi-o até a agulha ficar gasta, de When Love Comes to Town a Peace to the World. Em 1996, vai fazer 20 anos, pude experimentar em directo a soul do mestre num Coliseu que, se bem me lembro, não estava cheio. Até esse dia, não conseguia perceber como é que um guitarrista com dedos tão grossos sacava notas tão finas e límpidas. Percebi depois que o pormenor anatómico tinha outras cambiantes, os dedos contavam pouco. Aquilo vinha tudo de um lugar muito mais profundo, não vinha das extremidades do corpo, vinha do centro da terra, vinha desse lugar a que uns chamam alma, outros swing, outros feeling, vinha de um algures estranho a quem pense que a vida, o corpo, é só as suas mais básicas funções. Não há nisto sexto-sentido nem metafísica, não há mistério nem misticismo, há uma história de vida a saltar de dentro para fora, uma música que congrega blues, gospel, soul, um som enclausurado no fundo de um poço que à força de muito trepar chega à superfície, vê a luz e respira fundo:





You act like you don't wanna listen
When I'm talkin' to you
You think you outta do baby
Anything you wanna do
You must be crazy, baby
You just gotta be out of your mind
As long as I'm payin' the bill, woman
I'm payin' the cost to be the boss

I'll drink if I wanna
And play a little poker too
Don't you say nothing to me
As long as I'm takin' care of you
As long as I'm workin', baby
And payin' all the bills
I don't want no mouth from you
About the way I'm supposed to live

You must be crazy, woman
Just gotta be out of your mind
As long as I'm footin' the bill
I'm paying the cost to be the boss

Now that you've got me
You act like you're a shame
You don't act like my woman
You're just usin' my name
I tell you I'm gonna handle all the money
And I don't wanna no back talk
'Cause if you don't like the way I'm doin'
Just pick up your things and walk


You gotta be crazy, baby
Oh, you must be out of your mind
As long as I'm payin' the bill
I'm payin' the cost to be the boss

Sem comentários: