quinta-feira, 31 de março de 2016

#75


Por detrás dos Palace Brothers, Palace Songs, Palace Music ou do alter-ego Bonni ‘Prince’ Billy esconde-se o talento do escritor de canções Will Oldham, nascido em Louisville, estado americano do Kentucky, a 24 de Dezembro de 1970. Claramente menos preocupado em seduzir audiências do que em expressar-se musicalmente, Oldham tem assumido ao longo do tempo diversas encarnações ligadas por um respeito ao formato de canção concebido e desenvolvido nos territórios daquilo a que se convencionou chamar de alt-country: canções enraizadas na country music, mas com um pé no rock independente, que atravessam a paisagem rural norte-americana para se instalarem na melancolia secular das grandes urbes. Em Greatest Palace Music (2004) encontramos uma revisão de alguns dos melhores momentos do repertório outorgado pelos Palace nas suas diversas metamorfoses, elaborada pelo talento introspectivo de um Bonnie “Prince” Billy rodeado de amigos e com uma postura autocrítica e irónica sobre o seu percurso anterior. Tanto a jovialidade da capa como a luminosidade da fotografia de contracapa podem ser enganosas, sobretudo quando deparamos com a densidade de temas onde a solidão se expõe como o princípio e o fim último da existência. Mesmo quando estamos rodeados de belíssimos coros femininos. Um exemplo:


Sem comentários: