sábado, 8 de outubro de 2016

BRASAS


Rogil, volta d'mar, Março de 2012, p. 17 (esgotado). Clique na imagem para ver melhor. Em alternativa, poderá ler o poema aqui.

2 comentários:

Inév Vie disse...

Cimento, alcatrão e cinzas, com uns palitos verdes de enfeite. ah! vamos para a Lua de Marte!

Bem sei, é mais do que isso.


p.s. uma música para, deves conhecer, para mim é das mais marcantes deste ano.


Edward Sharpe & The Magnetic Zeros - Free Stuff

'é tudo Free!' como canta(va) Raul Seixas, ou bom 'Domingo sem Deus'

hmbf disse...

Não conhecia. Boa malha.