quinta-feira, 24 de novembro de 2016

MESA 26


Num programa que começa com Sonic Youth, ao minuto 7:13 continua com um texto do livro ao alto. Adolfo Luxúria Canibal ofereceu voz à Mesa 26. Amigos fizeram-me chegar o link: ouvir aqui. Escusado será dizer que fiquei tão surpreendido quão feliz por me ouvir na voz do vocalista dos Mão Morta. O texto:

MESA 26

Tento abrir um livro na página certa. Retomar o sentido dos sublinhados. Dobro o pescoço para a esquerda. Depois, para a direita. Como se quisesse encostar os ouvidos aos ombros. Rodo a cabeça. Descomprimo os nervos. Não encontro a página certa deste livro. Estarei pronto para a página certa? Volta e meia, sou interrompido por uma gargalhada. Duas mulheres aconchegam-se no frio. Duas mulheres nuas, sentadas à beira do cais. Todas as mulheres nuas sentadas à beira de um cais são belas. Amo-as. Acendo um cigarro, bebo um copo de vinho. Não fosse real, seria um cliché. Olho as mulheres no cais. O mar tão vazio que até ofende. Retomo os sublinhados. Os papéis amarelos destacando certas páginas cuja importância esvanece ao pé das mulheres. Que consideração dar a um caixão de palavras secas, quando a natureza nos grita do outro lado da rua? Tanto tempo perdido. Assaltam-me alguns momentos. Assaltam-me livros fechados em estantes poeirentas. Mais uma imagem. Mas nada justifica esta desistência. Nada justifica este ritual morto de respirar o mundo numa página manchada de tinta. Como quem evita desalentar uma oportunidade. A oportunidade de aceitar, humildemente, o sorriso que nos é enviado por duas mulheres nuas à beira de um cais.

Estórias Domésticas & Outros Problemas, OVNI, Dezembro de 2006, pp. 87-88 (esgotado).


O programa prossegue com Soul Coughing, Fernando Guerreiro… Maravilhosas companhias me arranjaram.

5 comentários:

Anónimo disse...

Belos problemas do domésticos.

Manuela Fialho disse...

Grande mano! A dar voz aos influentes!
Beijo
MF

hmbf disse...

:-)

yes

Bela prenda de anos. :-)

MJLF disse...

Afinal já tinhas aqui colocado, também te enviei o link, soube disso porque também leu um poema do A. da Silva O. :) saúde bjs para toda a tribo

hmbf disse...

em boa companhia :-)