terça-feira, 19 de setembro de 2017

ANJO AMEAÇADOR

aceito a dor, osso esmagado pelo dente, 
a hemialgia silenciosa, o osso que rasga a carne, ruptura de ligamentos 
, deslocação da retina, o nervo infecto, a doença, aceito a dor como a um tratamento, abro-lhe os braços e tomo-a como a uma criança indefesa.
se me ameaça, 
é com toda a certeza por me querer, por me desejar como mais ninguém deseja.
a dor roda dourada, auréola luminescente sobre a cabeça, 
a dor que me quer anjo da guarda ameaçador.


4 comentários:

Marta disse...

Já sentia saudades de voltar aqui.

hmbf disse...

Grato pela visita e pelo comentário.

maria disse...

"a dor que me quer anjo da guarda ameaçador" forte!

beijinho

Cuca, a Pirata disse...

Saudades de um poeminha destes, arrancados do fundo.