segunda-feira, 11 de junho de 2018

E OS LESADOS DA COLONIZAÇÃO, QUEM OS INDEMNIZA?


4 comentários:

Ricardo António Alves disse...

O CDS é parvo.

hmbf disse...

Não será isto um exemplo de populismo estéril?

manuel a. domingos disse...

O problema, quanto a mim, é que nenhum populismo é estéril. O populismo colhe sempre frutos. Poucos ou muitos. Mas colhe.

ASM disse...

Entendendo por "lesados da descolonização" os retornados portugueses, só podemos considerar o pedido populista porque é já bastante tardio - passaram mais de 40 anos - e o CDS nesse período esteve em vários governos e nada fez. Aliás a relação com os retornados, faz lembrar a actual relação de alguns governos com os refugiados. Curiosamente, ou talvez não, foram duas escritoras portuguesas, já neste século, a levantar o recalcado sobre os retornados: Dulce Maria Cardoso e Isabela Figueiredo.