sexta-feira, 19 de outubro de 2012

MANUEL ANTÓNIO PINA (1943-2012)


Num quarto com vista para o Douro, vejo na televisão a notícia. Triste. Que mais dizer? É o ano da desgraça de 2012. Tanta falta farão as crónicas deste poeta, grande poeta.

3 comentários:

Cuca disse...

Ano trágico para a poesia. Parece virose...

Silvia Mota Lopes disse...

:(

leonor disse...

viro-me do avesso a pensar que o Pina morreu! calemos a notícia e decoremos todas as imagens dos versos que ele escreveu. saibamos de cor a sua poesia, para o podermos acompanhar nesta subida ao céu.