terça-feira, 7 de setembro de 2010

EU NÃO SOU UM VELHO SENTIMENTAL



um bebé deixa-me totalmente frio
não tomaria nos braços um bebé
mesmo que o mundo estivesse a desabar
que cada qual se coce com as unhas que tem
aborreço-me nas festas de família
prefiro que me dêem uma bordoada na cabeça
a ter que brincar com um sobrinho
tão-pouco me impressionam os netos
quero dizer põem-me os nervos em franja
mal me vêem regressar do trabalho
atiram-se-me para cima com os braços abertos
como se eu fosse o Pai Natal
puta que os pariu!
quem terão pensado que eu sou?



Nicanor Parra, in Emergency Poems (1972)Versão de HMBF

2 comentários:

sonia disse...

Se há algo que me deixa amolecer de emoção é estar na presença de um bebê. Já uma criança mimada ou malcriada (dá no mesmo) tem o poder de me colocar a km de distância dela. Desculpe, Sr. Nicanor Parra, mas não teria muito prazer em conhecê-lo...

hmbf disse...

:-) A questão é: será que Nicanor teria algum prazer em conhecer sonia. :-)